Literatura

1984, George Orwell

Se tanto o passado quanto o mundo externo existem apenas na mente, e se a própria mente é controlável – como fazer então?

O que acontece quando um livro publicado em 1949 fala sobre 2013?

Esse é outro dos clássicos que prometi a mim mesma ler. 1984, de George Orwell surpreende por ser fácil de ler e absolutamente atual. Um marco das distopias (embora eu deva dizer que sinto muito, mas minha preferida ainda é Laranja Mecânica), é aqui que somos apresentados pela primeira vez à figura do Big Brother – o Grande Irmão que vê tudo que você faz.

Nosso protagonista é Winston Smith, um homem que trabalha para o Partido, sabe muito bem o que tem que fazer e como agir, mas que, secretamente, nutre um ódio pelo Partido e tudo que ele representa, inclusive pelo Grande Irmão. É junto de Julia, sua amante, que ele começa a bolar um plano para conseguir entrar na Confraria, uma suposta organização secreta que tenta derrubar o Partido desde que ele entrou no poder.

Em nossa sociedade, aqueles que estão mais informados sobre o que ocorre são também os que estão mais longe de ver o mundo como ele é.

Faz tempo que eu estava me preparando para ler 1984. Mesmo que seja de leitura fácil, o livro é denso e chocante. Quero dizer, eu já havia lido Fahrenheit 451, Laranja Mecânica e Revolução dos Bichos, mas nunca deixo de me surpreender com a atualidade desses livros. Acompanhamos o desenvolvimento de Winston, vemos como sua vida muda e nos surpreendemos com o final.

A sutileza, eficácia e crueldade da sociedade criada por Orwell é tão… INTELIGENTE! Fica difícil de explicar a história para alguém, porque ela é tão complexa e simplesmente de dar nó no cérebro.

Não é a toa que esse livro está na lista de leitura das escolas pelo mundo. Devia estar nas do Brasil também, porque o povo brasileiro poderia usar muito bem um pouco da inteligencia política que 1984 coloca na cabeça das pessoas.

A burrice era tão necessária quanto a inteligência, e igualmente difícil de ser adquirida.

Meu livro ficou todo grifado, porque as frases gritam para você. Às vezes eu parava e ria, porque a semelhança com o mundo de hoje era ridícula. Livros como esse fazem você pensar no que o mundo é, o que nós humanos fizemos dele. Um must-read.

Só a mente disciplinada enxerga a realidade, Winston. Você acha que a realidade é uma coisa objetiva, externa, algo que existe por conta própria. Também acredita que a natureza da realidade é autoevidente. (…) a realidade não é externa. A realidade existe na mente humana e em nenhum outro lugar.

informações

 

Título: 1984
Autor: George Orwell
Número de Páginas: 416
Edição: 1ª – 2009
Editora: Companhia das Letras
Preço: R$42,00
Classificação: ★★★★★

Postagens Relacionadas:

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply

CommentLuv badge