Televisão

You’re Beautiful

Um dos dramas de maior sucesso na Coreia, You’re Beautiful ainda vem atraindo fãs por todo mundo. Exibida em 2009 pela SBS, possui 16 episódios de uma hora cada. Com Park Shin-hye no papel de Go Mi-nye e Go Mi-nam e Jang Keun-suk, Lee Hong-gi e Jong Yong-hwa como os encantadores integrantes da boyband A.N.JELL.

Os irmãos Go Mi-nam e Go Mi-nyeo foram criados desde pequenos em um orfanato depois da morte de seus pais. Porém, quando cresceram, resolveram tomar rumos opostos. Ele sonha em ser um rockstar e estar em uma banda de grande sucesso. Ela, no entanto, está convicta de sua carreira como freira. Esta disparidade de carreiras acarreta no subseqüente afastamento dos dois irmãos que, embora unidos, não se metem um na vida do outro. Até Go Mi-nam ser internado devido a um erro grotesco na cirurgia plástica que havia sido feita em seu olho, justo quanto ele está prestes à estrear como o novo integrante da banda A.N.JELL, uma das mais famosas da Coreia. Seu atrapalhado empresário o manda imediatamente para os Estados Unidos para tratar da enfermidade, enquanto procura desculpas esfarrapadas para adiar a estréia de Mi-nam junto a banda. O problema é que ele não consegue segurar a barra sozinho durante muito tempo, já que mais atrapalha do que realmente ajuda.

Então ele tem uma brilhante ideia.

E sim, você sabe muito bem do que estou falando. Para esse empresário trapalhão, fazer Go Mi-nyeo passar-se por Go Mi-nam por alguns dias é sua única saída. E depois de algumas chantagens emocionais, ele finalmente consegue que Go Mi-nyeo se passe por seu irmão e se apresente ao lado dos integrantes charmosos da A.N.JELL. Formada pelo líder Tae-kyung (Jang Keun-suk), um antipático que não dá lá muita moral pra ninguém a não ser ele mesmo, o fofíssimo Shin-woo, interpretado pelo LINDO fofo todo-poderoso destruidor de corações Jong Yong-gwa do CNBlue, e a coisa mais fofa da face da Terra também conhecido como Jeremy (Lee Hong-gi, do F.T.Island). Os três integrantes, de personalidades opostas, respondem à sua maneira à entrada de Go Mi-nam na banda; uns conseguem sacar logo de cara que se trata, na verdade, de uma menina. Uns não suportam a ideia de um integrante novo. Outros chegam a questionar a própria sexualidade por estarem atraídos por esse cara novo.

Porque é claro que todos se apaixonam pelo jeitinho de Go Mi-nam/nyeo. CLARO.

Em alguns momentos, durante essa experiência de assistir a meu primeiro kdrama, eu pude relacioná-los às novelas mexicanas, tamanho o drama (o nome é PERFEITO MESMO!!!) e situações bizarras em que as personagens acabam se enfiando. E a escolha dos figurinos, meu senhor? E OS CABELOS. O. QUE. É. AQUELE. CABELO do Tae-kyung nos primeiros episódios, peloamordedeus? Alguém deveria ter sido demitido.

Não acho que seja exagero de minha parte dizer que dramas asiáticos, de um modo geral, trabalham com clichês exageradamente. E, uma vez que você se propõe a ver algo assim, deve saber que encontrará histórias água-com-açúcar e muitos triângulos/quartetos amorosos e coisas do tipo. Logicamente, adaptados para caber à censura e culturas do país. É ótimo saber como coreanos, neste caso, lidam com determinadas situações e a mais simples das ações possuem significamos muito mais complexos do que nós, meros ocidentais, conseguimos compreender. É claro que não é algo que devamos levar ao pé da letra (imagina se outros países julgassem os brasileiros pelas novelas? (eles provavelmente o fazem, mas não é certo) seriamos muito diferentes, não é?). Sempre devemos levar em consideração que assistir a uma novela asiática ou até mesmo um filme francês é somente um contato com aquela cultura que buscamos. Não necessariamente é a cultura em si. Para isso, sempre devemos estudar e aprender costumes e a própria língua, se nos interessarmos.

Divagações à parte, You’re Beautiful é um drama que não me deixa expressar em palavras os meus sentimentos. Ainda mais porque essas séries tem uma tensão sexual sempre tão grande que fazem meus ossos doerem a ponto de preferir explodir a sentir. Pois é.
Existem tantas storylines nesse dorama que fica difícil dizer alguma coisa sem soltar spoiler. (mas aí vai: ela, eventualmente é descoberta e a história não termina aí.) Enfim, You’re Beautiful é lindo (see what I did here) maravilhoso e você deveria assistir. Ponto.

À propósito: a trilha sonora é a coisa mais amor da vida.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply