Evento

O que esperar da CCXP Worlds

A Comic Con Experience – CCXP é um dos maiores eventos de cultura pop do mundo, se não o maior – e temos posts sobre todas as edições; contamos bastante coisa sobre como é esse evento.

Este ano, por causa da pandemia de COVID-19, a convenção vai acontecer em formato online, em vez de uma edição presencial: a CCXP Worlds. Algumas das principais dúvidas que surgem sobre como esse festival vai acontecer virtualmente são:

1. Quando vai ser a CCXP Worlds?

O evento vai acontecer nos dias 04, 05, e 06 de dezembro (sexta, sábado e domingo); é o primeiro final de semana de dezembro, do mesmo jeito que as edições anteriores. A diferença é que desta vez serão apenas três dias de evento oficial, e não quatro. As atividades da CCXP Worlds vão ser todas online, e nem tudo foi divulgado ainda. Está prometida uma plataforma própria do evento; o que já mostraram está bem bonito, e tô bem curiosa sobre como vão funcionar as tecnologias que anunciaram que vão utilizar. Está prometida uma spoiler live para o dia três.

2. Tem que pagar para participar?

Quase todos os conteúdos poderão ser acessados sem custo; apenas para masterclasses e atividades do tipo meet and greet será necessário pagamento. Para a edição deste ano existem quatro tipos de credencial, disponíveis no site da CCXP Worlds: 1. a opção grátis; 2. acesso pago com versão digital da credencial (vendido por R$35,00); 3. acesso pago com credencial física como item de coleção (à venda por R$35,00 mais custo do envio do crachá colecionável); 4. acesso pago com kit de itens do evento, como camiseta, moletom, boné, pôster, e outros itens oficiais (à venda por R$ 450,00 mais frete, e é possível parcelar com cartão de crédito).

3. Como vai funcionar a Artist’s Alley?

Um resumo de tudo o que já divulgaram:

Nesta edição virtual, o espaço para quadrinistas e exposições de artistas será o Artist’s Valley (“Vale dos Artistas”, em vez de “Beco dos Artistas”). De acordo com o que divulgaram nas redes sociais, será uma área no ambiente virtual da CCXP que vai disponibilizar uma página específica para cada profissional que o evento selecionou para participar; uma espécie de “mesa online”. Uma dica nossa: a CCXP já publicou a lista completa de quem vai estar nesse espaço; confira os perfis em redes sociais das pessoas que fazem quadrinhos que você gosta, pra saber sobre horários para interagir, produtos, preços, e quaisquer outros detalhes que você queira perguntar.

4. E os painéis?

Segundo o que o evento divulgou nas redes sociais, os painéis serão ao vivo, e ficarão disponíveis por um período curto depois que a CCXP Worlds 2020 terminar – as transmissões vão ficar disponíveis por basicamente uma semana, até o dia 13 de dezembro. De acordo com o que divulgaram, todas as pessoas que fizerem o cadastro para participar da convenção, independente do tipo de acesso (grátis ou pago) poderão acompanhar os painéis, com quase toda a agenda publicada dia 29/11, à noite, e haverá mais de um auditório virtual. Vários horários estão com a indicação “Locked”, com atrações ainda não divulgadas. Estão prometidas várias áreas:

Thunder Arena: espaço dos painéis principais, inclusive aqueles com artistas internacionais.

Artist’s Valley: em edições presenciais da convenção teve um palco no meio da Artist’s Alley, com bastante conteúdo interessante programado. Aconteceram muitas conversas sobre temas ligados a quadrinhos, com participação de várias pessoas que criam conteúdos maravilhosos, e vamos aguardar pra saber o que planejaram para este ano.

Creators & Cosplay Universe: não vou reclamar se tiver live das bandas Fresno e Far From Alaska aqui. [ATUALIZAÇÃO: tem sim Fresno na lista!] Pediram, nas redes sociais, que as pessoas que fazem cosplay gravassem vídeos curtos num formato padronizado, que provavelmente vão mostrar nesta área. E é aqui também que muito provavelmente vamos ter o concurso de cosplay. Anunciaram confirmação de algumas pessoas que criam conteúdo; tem gente que faz conteúdo que eu acho bacana, e também anunciaram pessoas de quem eu não sou fã.

Omelete Stage: área que, na CCXP presencial convencional, a gente apelidou de “aquário” porque esse espaço tem paredes de vidro transparente. Provavelmente vão acontecer entrevistas tão legais quanto as dos painéis. Dica nossa: nesse espaço, acontece de artistas compartilharem informações que não necessariamente disseram no painel principal; a gente acha interessante ficar de olho. A gente não costuma ir pra perto de lá nas edições presenciais por alguns motivos: voltar pro auditório principal depois costuma ser, em uma palavra, impossível, e em geral tem algum outro conteúdo que a gente quer ver, ou estamos em outra atividade, ao mesmo tempo em que acontece ali alguma entrevista legal.

Game Arena: pessoas que gostam de games e e-sports, este momento é de vocês. Prometeram atividades inclusive para o período da noite/madrugada, o que eu achei bem interessante.

Se tem algo que vai ser maravilhoso nessa CCXP Worlds é a possibilidade de ver os painéis sem necessidade de madrugar – ou mesmo acampar – na fila do Edifício Garagem do São Paulo Expo para garantir lugar no auditório.

5. Como vai ser a interação entre as pessoas que vão participar do evento?

A CCXP ainda não divulgou detalhes sobre isso, mas prometeram que haverá meios de interação entre os fãs do evento, e eu considero que é uma das coisas mais legais de uma Comic Con.

Recomendamos fortemente reservar seu acesso para o evento, mesmo que pela opção grátis, no site da convenção – ccxp.com.br, porque é uma oportunidade de acompanhar entrevistas muito interessantes, conhecer artistas que fazem trabalhos fantásticos, e se divertir bastante. Já fizeram vários anúncios sobre gente que vai participar do evento – Lana Parrilla, Neil Gaiman, Art Spiegelman, Gail Simone, Kelly Sue DeConnick, e muito mais gente, e conforme o evento fica cada vez mais próximo, aguardamos que divulguem mais detalhes.

Fizeram uma live no perfil do Omelete no Facebook no dia 25/11, e contaram mais coisas sobre a CCXP Worlds – inclusive que a convenção e a rede social criaram uma parceria; parte das informações neste texto foram compartilhadas nessa transmissão, e no perfil da convenção no Instagram. Outra novidade foi o anúncio de uma live com o escritor Neil Gaiman dia 26/11, que também foi transmitida pelo Facebook.

Com a data do evento cada vez mais perto, anúncio da lista da Artist’s Alley, programações especiais, publicação da agenda inicial dos auditórios virtuais, início das vendas dos convites para meet and greet, e – esperamos – intensificação de anúncios, o clima aqui é de CCXP.

#VaiSerÉpico!

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply