Música

KpopTop – Maio

Maio pensou que podia imitar Agosto e demorou pra passar e, então, a gente teve mil e uma coisas pra acompanhar nesse mês que tem nome grande até nas Menções Honrosas do post, porque a gente penou pra acompanhar tudo. Então, sem enrolar muito, bora lá.

WayV – Take Off

WayV tecnicamente é C-Pop? Sim. A gente vai falar deles mesmo assim? Com certeza. A sub unit chinesa do NCT (porque, sim, WayV é SIM parte do NCT pelo amor de deus galera) fez seu primeiro comeback e… bem… melhor comeback do mês, beijão. Take Off é linda, perfeita, sem defeitos, incrível, nunca feito antes. Tá todo mundo absolutamente incrível, os raps cuspindo fogo, os vocais divinos, a coreografia sensacional, um instrumental gritavel de tão bom (o instrumental do dance break? *chief’s kiss*) e os visuais? celestiais, galera. E O WINWIN TEM LINHAS REAL OFICIAL. A gente ainda ganhou um vídeo de performance que é pra gente chorar ainda mais na coreografia. Take Off faz parte de um mini album que conta com outras duas músicas originais, Say It e Let me love u, que você pode clicar nos links e ouvir no Spotify, junto das outras músicas já lançadas antes: Regular, Come back e Dream Launch. Obrigada WayV pelos mimos.

Oh My Girl – The Fifth Season (SSFWL)

Que Oh My Girl inventou o fairy k-pop não é mais surpresa pra ninguém, mas a gente sempre se surpreende vendo essas fadinhas a cada comeback. O amor é a quinta estação em The Fifth Season que é aquela musiquinha soft viciante, que a gente nem sabe como o rap sussurrado da Mimi não derrete a gente. Como é OMG, o MV é obviamente incrivelmente l i n d o. De verdade. Lindo demais. Mágico igual elas que é pra combinar bem. Acione o amor do seu coração e dá play.

A.C.E – Undercover

Saindo de um comeback softzinho e mágico para um de pegada mais rock n roll e escuro, a gente tem A.C.E com um dos melhores comebacks do mês e tenho dito. O grupo já vem chamando atenção desde o debut com a capacidade de versatilidade que apresentam, e Undercover é mais um ponto extremamente positivo pra lista. As guitarras são pesadas, a batida também, a coreografia é de chutar a cara e os visuais do MV e, principalmente, dos meninos nos mais diversos sets e outfits são simplesmente incríveis. De verdade. O Byeongkwan com aquele crop-top amarelo? Iconic bitches only. SÓ APERTA O PLAY É SERIO!

EXID – Me&You

EXID volta, mas completamente agridoce com Me&You. Depois da notícia que Hani e Jeonghwa deixaram a compania (mas não o grupo), esse último comeback das meninas balançou bastante nossos coraçõezinhos. Porém, rainhas como sempre, Me&You é um hino de música e vídeo, com as cinco reunidas e vestidas de noivas e depois com roupas neon, tudo isso enquanto a música é uma mistura de pop dance com reggae que é até meio estranha na construção, mas que funciona bem demais. Obrigada EXID, por mais uma vez, trazer hinos.

Kim Donghan – Focus

Kim Donghan segue fazendo seu caminho solo perfeitamente bem, agora com Focus. O comeback é todo trabalho no aesthetic e MV lindo de bonito, com efeitos especiais do espaço e água e estruturas tanto de arquitetura ou de efeitos de luz que são realmente bonitas. Tudo isso com muita coreografia e o tipo de música que você não espera gostar, mas quando percebe tá ouvindo outra vez, talvez pra ver se gostou mesmo, e nessa brincadeira você já ouviu a música dez vezes e já gravou o refrão. Focus é exatamente assim.

Weki Meki – Picky Picky

E por falar em música que fica na cabeça, as meninas do Weki Meki voltam com a chiclete: Picky Picky. A música toda é feita pra ser chicletinha, então você vai ficar com o Picky Picky do refrão ou o “Like it, don’t like it, love it, don’t want it, weki meki, i’m so picky” ecoando por semanas na sua mente. Sim, você vai, acredite em mim. No mais, as meninas seguem firme e forme no comeback que também é todo bonitinho, coloridinho e engraçadinho, mais diferente de Crush, o último comeback delas. Boa música pro começo do verão.

AB6IX – Breathe

Atenção pro debut mais quente do ano!!!! O melhor grupo lançado em 2019 veio ao mundo em 22 de maio e é cria de ninguém menos do que da Brand New Music. Oficialmente o primeiro idol group da companhia, AB6IX era aguardado desde 2017, quando os quatro meninos, na época chamados de “BRANDNEW BOYS”, audicionaram para o Produce 101. Com Daehwi e Woojin debutando com o Wanna One, levou um tempo para eles voltarem para sua agência, mas assim que o disband aconteceu, eles se uniram a Youngmin e Donghyun (que estavam se apresentando como a dupla MXM) e ao super-treinee Woong para formar o AB6IX. Com praticamente tudo sendo feito por eles mesmos, eles lançaram uma performance video de “Hollywood” antes de aparecerem com o bop absoluto que é “Breathe”. A música é ótima, o MV é lindo e as apresentações dos meninos são ótimas, sem contar que o mini-álbum (B:COMPLETE) não tem uma única faixa ruim. Nem parece que são rookies (o que, na prática, eles não são, mas a gente dá uma relevada) e eles com certeza merecem muito mais hype do que estão tendo, porque a qualidade é incontestável.

GOT7 – Eclipse

Os meninos de GOT7 retornam e nos trazem seu Eclipse (total do coração). Que é, nada mais nada menos, que aquele tipo de música sofrência que você pode dançar daquele jeitinho passinho pro lado e pro outro, então é tudo que a gente gosta. E, como é GOT7, claramente é uma sofrência com muito estilo, roupinhas bonitas, sets bonitos, efeitos de fundo e de transição muito bem feitinhos e também bonitos. A coreografia também é bem intricada e ritmada com as batidas a música. E o Jackson continua lindo, obrigada.

Kim Jaehwan – Begin Again

Continuando com os farelos de pão do Wanna One, eis que finalmente debutou nosso main vocal, main rapper, main dancer, main visual, main fashionista Jaehwan! Dono do vocal mais poderoso da segunda temporada do PD101, Jaehwan estreiou com a faixa título “Begin Again”, uma música sobre um relacionamento que tinha tudo pra dar certo, mas deu errado (meio que como “Something Great” da Netflix, assistam!) e como ele gostaria de começar de novo. O MV é lindíssimo, com visuais incríveis, e todo o mini-álbum (Always) é maravilhoso. Além disso, Jaehwan também tem apresentado a faixa “Designer“, na qual ele canta e dança, e se você acompanhou o Produce e o Wanna One, vai entender o poder dessa situação.

Cherry Bullet – Really Really

É o primeiro comeback de Cherry Bullet e as garotas já se jogaram no verão coreano, e quem somos nós para reclamar, não é mesmo? Really Really é a própria música EDM pra dançar na sua festa da piscina, possivelmente enquanto pensa no crush, mas a gente ignora essa última parte. O conceito de video games que Cherry Bullet trouxe em seu debut continua aqui, nesse MV cheio de tons pastéis e todo coloridinho, com jardins e lugares abertos.

NCT 127 – Superhuman

Chegamos para mais um comeback que tá na lista de melhores do mês, e é ninguém menos que NCT 127 com Superhuman, que tecnicamente a gente já tinha escutado, porque os meninos cantaram ela e Highway to Heaven (que ganhou um vídeos especial que é o exibido na tour então clica aqui) durante os shows na América do Norte. Mas a gente liga? Nem um pouco. O MV de Superhuman é completamente lindo, trazendo a parte de tecnologia do conceito dos meninos à tona, enquanto a música é o próprio hino do verão com uma vibe SHINee. É viciante, é dançante, é maravilhosa, é ótima pra vocal, pra rap, é pro verão, é pra te lembrar que você é super e consegue tudo. Tem center Yuta, tem rapper Johnny. O único defeito é que ainda não tem Winwin de volta com o 127, mas 9/10 would listen (nada como ouvir superhuman enquanto a gente caminha pra queimar a sm não é mesmo?)

CLC – Me

CLC voltando com conceito girl crush? Sim. MV lindo de bonito? Sim. Refrão chiclete? Com certeza. Coreografia que a gente vai querer fazer? Pode apostar. Um dos melhores comebacks do mês? TOTALMENTE. CLC não brinca em serviço e segue na mesma linha do primeiro comeback do ano, No, de empoderamento pessoal com uma batida maravilhosa pra dançar e ser a rainha da baladinha. Além do refrão de EDM e baixo pesadão, Me ainda tem uma batida de reggae que vai te deixar bem 😮 com a junção das batidas pelo jeito sensa que funciona. E é música pra deixar repetindo, então já se prepara. [sai fazendo a coreografia errada]

Yoona – Summer Night

Sabe no natal, quando falam “o aniversariante é Jesus, mas quem ganha presente é você”? Então. Quem fez aniversário foi a princesa do K-Pop Yoona (do Girls’ Generation), mas quem ganhou presente fomos nós, com esse MV lindo maravilhoso retratando perfeitamente a vida do solteiro. Com vocais de mel e um ft. de 20 Years of Age, a faixa título do mini-álbum “A Walk To Remember” é tão gostosinha que não tem como não amar e o MV só tem mais motivos para se apaixonar pela Yoona – como se nós já não amássemos ela de paixão, mas né, vocês entenderam.

Seventeen – Happy Ending

O primeiro single japonês do Seventeen foi lançado no meio do mês com um MV lindão e uma combinação de bridge+refrão pra deixar a gente cantarolando pelo resto da tarde, como é conhecido do 17 fazer, né? Faixa título do mini-álbum de mesmo título que possui apenas 3 faixas, sendo que ela é a mais atrativa e… bem… não queremos dizer que ela tenha algo a ver com o “Happily Ever After” do Nu’est, mas, sabe, vocês podem tirar as próprias conclusões *shrug emoji*

Lee Hi ft. B.I (iKON) – No One

Lee Hi FINALMENTE escapou da masmorra da YG aos 45 do segundo tempo do mês de maio e veio pra mostrar o porque é tão rainha. No One trás os vocais mais roucos da fadinha linda junto do rap do Hanbin, aka B.I. do grupo iKON, que combina perfeitamente e deixa a gente só !!. O MV é lindo, todo trabalhado nos efeitos especiais, com noites estreladas, a Lua, um planeta perdido e vários cenários de fantasia que vão aquecer não apenas seu coraçãozinho fã de céus noturnos e lugares meios estranhos onde existe um baile, mas também o seu coração fã de gatinhos. (e furry, mas aqui a gente não tem preconceitos, tá).

Oneus – Twilight

No primeiro comeback dos rookies do Oneus, que chamaram atenção com seu debut chamado Valkyrie, os meninos agora abraçam o seu Edward Cullen interior…….. Ok, não. Brincadeiras com o nome Twilight a parte, a gente vê os garotos sofrendo pelos cantos em um castelo extremamente lindo de bonito, que obviamente também conta com paisagens naturais lindas, porque é sempre importante o aesthetic enquanto se sofre. Além disso, Twilight é toda trabalhada em uma batidinha dançante mas ao mesmo tempo suave, enquanto Oneus trás uma coreografia super trabalhada e seus uniformes. Não precisa nem do Sol pra brilhar.

Menções Honrosas:

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply