Música

K-Pop Top – Novembro

Mais um mês chegando pra fazer a gente mexer e remexer nas playlists, então bora que bora minha gente pros lançamentos do penúltimo mês do ano!

Got7 – You Calling My Name

Se GOT7 diz que gosta da gente chamando o nome deles, o que a gente vai fazer? Chamar, é óbvio. GOT7 saiu do porão da JYP dizendo: se não for pra dar show eu nem vou. E deu um show. Incrível. Iconico. Show de música, de MV, de coreografia, O QUE É ESSA COREOGRAFIA MINHA GENTE!! A música trabalha na base da surpresa já que a cada nova parte que a gente vai ouvindo vem uma adição nova e tudo funciona muito bom. Os raps são ótimos. Os visuais, tanto dos meninos (um bj Bambam) quanto do MV (que tbh é simples, mas chique), estão ótimos. E a gente agradece muito os estilistas do grupo pelos terninhos de couro sim. Além de You Calling My Name, os meninos do GOT7 também promoveram a b-side Crash&Burn, que ganhou um vídeo especial de coreografia.

WJSN – As You Wish

No suposto último comeback com 10 membros antes da volta das meninas chinesas, as fadinhas de WJSN, ou Cosmic Girls, entregam mais um comeback super lindo de se ver e super chicletinho também, porque é impossível não ficar com o refrão ecoando na cabeça depois. A gente vai mandar um salve também para o Secret Film que as meninas soltaram antes do comeback, porque é extremamente lindo (e eu sigo desejando um conceito de conto de fadas amaldiçoado pfvr wjsn nunca te pedi nada!!). E também para Lights Up, que foi a b-side escolhida para ser promovida junto, mesmo que a gente goste um pouquinho mais de Badaboom, oops.

Ravi – Limitless (ft. Xydo, Sik-k)

A gangue da Groovl1n, a empresa do Ravi, ataca novamente e tudo que a gente pode fazer é ouvir e apreciar, porque é só talento. Ravi novamente trás Xydo pra uma collab, e chama ninguém menos que o Sik-k pra participar também, e o resultado é Limitless que é iconic bitches only. O MV é bonito e bem editado, tem participação de outros idols da Groovl1n como o ColdBay, os vocais do Xydo são tão suaves e vão de contraste com os raps do Ravi e do Sik-k, e a melodia inteira te leva. E no fim a gente só quer uma festinha com os amigos numa mansão cantando que não existem limites igual Ravi e companhia.

Mamamoo – Hip

Se é Mamamoo a gente já pode esperar show de vocal e visual, certo? Certo. HIP não vai tanto pra exibição de vocal propriamente dito, mas trabalha muito na linha de tons mais baixos, então a gente gosta do mesmo jeito. Os visuais continuam lindos incríveis sem defeitos, que nem aquela peruca doida duas cores fica feio na Solar, imagina ser bonita assim. E a gente ainda tem: Hwasa manda um beijinho no ombro, Wheein sendo maravilhosa como sempre e Moonbyul coreógrafa. Mamamoo dando pra gente o que a gente quer sim.

HINAPIA – Drip

HINAPIA foi o debut do mês que fez todo mundo prestar atenção no que ia acontecer, não só por Drip que é um hino de rebolar a raba e seduzir o crush, mas também por ter 4 membros que eram do agora falecido Pristin. Minkyeung (antes conhecida como Roa), Gyeongwon (antes conhecida como Yuha), Eunwoo, Yaebin (antes conhecida como Rena), são as meninas do Pristin que se juntaram com a novata Bada, e juntas formaram o HINAPIA, que a gente mal conhece e já considera pacas. Drip é muito bom, é chicletinho, a coreografia é muito boa e tem até um video delas com o pessoal do 1MILLION, os visuais das meninas e do MV é um show, e tudo que a gente pode fazer além de ouvir Drip sem parar é aguardar as novidades do grupo, porque ainda tem muita coisa pela frente pelo tanto de talento que cada membro tem a oferecer.

Lee Jinhyuk – I Like It

Antes de voltar pro UP10TION, o dono das pernas mais longas do Produce X 101 e líder que nunca tivemos a chance de ter precisava fazer seu debut solo, não é mesmo? Lee Jinhyuk, que em seu grupo recebe o nome Wei, lançou uma música perfeita para rebolar a bunda. Com um MV de muitas versões, o single veio acompanhado de um single album de 3 faixas e marca o retorno de um dos competidores mais queridos do Produce que recebeu a maldição do 14° lugar – como Kaeun do After School, JR do Nu’est e Nayoung do Gugudan antes dele. I Like It já leva no título a sensação logo dos primeiros segundos da música – ela é grudenta e te faz querer dançar até o finalzinho… e colocar a música pra tocar de novo.

Victon – Nostalgic Night

No primeiro comeback sem o líder Seungwoo, que tá no X1 pelos próximos 2 anos e meio, VICTON entrega Nostalgic Night, que rendeu o primeiro win para os meninos! Nostalgic Night é, de fato, meio nostálgica e até um pouquinho melancólica no instrumental, mas é super gostosinha de ouvir, e ainda tem a coreografia e duo dances e o MV inteiro é trabalho no visual e é simplesmente lindo. Não tá ouvindo Victon? Vergonha pra você e sua vaca.

Hyuna – Flower Shower

A RAINHA ESTÁ DE VOLTA!! Depois de toda a confusão causada pela ridícula da Cube até a contratação da Hyuna (E do Dawn) pela PNation, a compania do PSY (aquele de Gangnam Style), a gente tá feliz igual a própria Hyuna com a volta desta florzinha adorável, e Flower Shower é simplesmente um show. Hyuna está uma princesa durante todo o MV que é lindo com visuais lindos, a coreografia da música tem espaços lindos e é levemente daquelas que a gente até pode tentar reproduzir (mas ai a dor nas pernas depois), e temos mais vocais do que rap, porque Hyuna faz tudo sim. É só dar play e sair jogando mais flores nesta princesa.

Dawn – Money

E como falamos da Hyuna, não tem como não falar do Dawn, antigamente E-Dawn, que debutou solo agora também na PNation. Dawn tá aqui pra mostrar que é um artista completo sim apesar de tudo, e Money nos trás: rapper, vocal e dancer Dawn, então não tem nem como discutir. A letra de Money te deixa aquele emoji de olhos abertos, mas o principal é que tem uma mensagem bacana. E a gente espera que o futuro dele seja brilhante igual todo o potencial que ele tem.

IU – Blueming

A nossa fadinha favorita voltou, e Blueming é simplesmente uma delicinha de se ouvir. O álbum todo é gostosinho de ouvir, vamos ser sinceros aqui. Cheio de azul e simplesmente todo lindinho e fofo, a gente tem a IU dançando no quarto, sendo engraçadinha, pintando rosas e até tacando coisa no quintal do vizinho porque é gente como a gente. Obrigada IU pelos mimos a gente te ama, fadinha.

EXO – Obsession

Sabe aquela imagem da mulher pepita arrepiada? É a reação pra Obsession. Ironicamente como título da música, é simplesmente impossível ouvir ela sem ser cinco vezes seguidas no mínimo. O QUE É ESSE BAIXO, ESSE BASS DROP, MEU DEUS DO CÉU! EXO né mores, EXO. Mas de verdade o bass drop vocês não tão entendendo. Pra além do bass drop poetic music, a gente também tem: MV super lindo, investido com o dinheirão que EXO dá pra SM todo mês, uma volta do conceito de historinha do EXO porque às vezes o povo de lá lembra que isso existe; Dance Line sendo center; Kai de cropped top e o Suho simplesmente acabando com a vida de todo mundo. E um beijo pro rap do Chanyeol e pro Chanyeol. Mas o Suho… Ah, o Suho. O álbum dos meninos também é cheio de música boa, e a gente deixa o nosso salve aqui pra Trouble e Jekyll. Único defeito desse comeback é que DE NOVO não tem o Lay, nem na versão chinesa, porque a SM trabalha duro pra lembrar a gente sempre que ela é uma desgraça.

Golden Child – Wannabe

Wannabe é outro comeback que vai pro grupo dos beat drop que são ótimos. Golden Child chegou todo cheio de graça e classe pra mostrar essa coreografia que é incrível, os vocais e raps são muito bons também e tudo feito pra ser música de repeat e dançar no meio da sala. Obrigada por tudo Golden Child.

Stray Kids – Astronaut

Stray Kids foi outro grupo que sofreu com a bruxa do k-pop nesse fim de ano, e agora está sem o Woojin após a saída do membro da JYP por motivos até hoje não muito esclarecidos (é porque jyp não sabe manejar os grupos shh você não viu nada). Astronaut, então, é o primeiro comeback, que na verdade não é oficialmente o comeback porque esse é só em Dezembro, dos meninos com essa nova configuração. Astronaut também trás uma mudança no conceito das músicas dos meninos, já que não tem as costumeiras dirty beat dos sintetizadores. Seguimos esperando para ver o que os meninos vão trazer agora, e a gente só espera que dê tudo certo.

IN2IT – ULlala: Poisoning

IN2IT é mais um grupo dos que sofreram com a bruxa do kpop, e deixou a gente numa linha muito tênue nesse comeback depois da treta toda que a gente ficou sabendo sobre a falta de pagamento dos meninos pela companhia e a saída de um dos meninos. Mas o que a gente pode fazer além de apoiar do jeito que a gente pode, então a gente tá aqui hoje pra dizer que ULlala: Poisoning é MUITO boa, ritmo latino, coreografia ótima e completamente viciante. E é isso. Vejam.

BVNDIT – Dumb

As meninas do BVNDIT voltaram com Dumb, que é exatamente o que você vai ser se não ouvir e apreciar este musicão. É feita pra dançar e é refrão chicletinho. O MV é lindo. As meninas estão simplesmente maravilhosas (alou Songhee e Yiyeon vamo marcar ai qualquer dia gatas). E a coreografia…. O que dizer dessa coreografia que mal conheço e já considero pacas? Obrigada BVNDIT por essa delicinha de coreografia, que pra nossa sorte teve um vídeo especial junto da intro do album, Be!.

Kang Daniel – Touchin’

Kang Daniel está de volta e trouxe todo seu roteiro de filme de ação noir pra gente, porque se for pra ter comeback tem que ser no estilo. Daniel desfila o melhor dos dois mundos de filme noir e suposto nerd vendo TV, enquanto Touchin é toda sexy e gostosinha de ouvir. A coreografia também fica no mesmo patamar de sexy sem ser vulgar (rsrs). Daniel segue lançando música boa pra gente e mostrando que ainda tem muita coisa pra mandar, e a gente gosta muito sim.

B.I.G – Illusion

Os meninos do B.I.G voltaram com aquele pezinho no ritmo latino que a gente adora, e ainda deixou o outro pezinho no ritmo árabe, e o resultado foi Illusion que é simples e muito bom. Aproveitando a vibe meio árabe de algumas partes da batida, os meninos elevaram o nível e lançaram também uma versão árabe de Illusion, e a gente tá aqui pra ver essas coisas bacanas mesmo. No mais, Illusion é ótima pra mexer e remexer o esqueleto, aproveitar o visual dos meninos no MV simples de Illusion e fazer a nossa própria coreografia no meio da sala.

AOA – Come See Me

Aos trancos e barrancos as cinco meninas que agora formam o AOA seguem firme e forte apesar dos problemas da companhia em promovê-las e a própria saída dos membros do grupo. Após a participação do reality show Queendom junto de outros girl groups, AOA finalmente teve um comeback que é Come See Me, que é próprio pra balada, todo trabalhado no visual, e também tem as meninas com armas letais como espadas então O QUE MAIS a gente pode pedir? Obrigada por tudo AOA.

Astro – Blue Flame

Segurem as perucas porque Astro veio pra tirar elas. Não existe um defeito sequer com Blue Flame e a gente agradece demais Astro pelos mimos. Desde um MV lindo de bonito até os meninos lindos de bonitos, deixando um salve pro Moonbin que decidiu mostrar o trabalho todo da academia e pro Rocky porque…. o Rocky, wow, incrível. Blue Flame tem uma pegada levemente latina e a coreografia é simplesmente muito boa. Mas como nem tudo são flores nessa vida de stan, enquanto a gente tem esse video bacana de performance pra gente ver os meninos e a coreografia, o nenê do Moonbin está com problemas de saúde e não participou das promoções do comeback. A gente espera que ele melhore e que logo a gente possa ver o moço com Blue Flame… Além do mês tem uma leve história sobre lobisomens, ou dizem as teorias da conspiração, e se for talvez lobisomens mereçam direitos.

CIX – Numb

CIX tá só ousadia e alegria, e a gente tá aqui pra ver os resultados porque a gente gosta, oops. O primeiro comeback coreano dos meninos após o debut japonês com My New World, CIX nos dá Numb que segue a linha de Movie Star em sua coreografia gostosa de ver. Numb também aposta bastante em beat drop pro refrão enquanto o MV é meio distópico. Vem monstro.

Rainbow – Aurora

Não é sempre, infelizmente, que a gente consegue ver grupos femininos conseguindo se reunir para celebrar o aniversário de 10 anos do grupo. Rainbow é um grupo da segunda geração do kpop que conseguiu esse feito então merece um lugarzinho nessa lista do mês simplesmente por ser um marco incrível e porque Rainbow é ótimo e se você não ouviu ainda, já pode começar porque não vai se arrepender.

Newkidd – COME

Newkidd já atrai alguns olhares por ser o novo grupo de Ji Hansol, mas os meninos tão aqui pra mostrar que merecem a atenção para muito além do Hansol. E nada melhor do que começar isso já com um MV todo trabalhado na sedução sexy sem ser vulgar? Pois é. Come também é uma montanha russa de música porque você nunca sabe pra onde ela tá indo, mas esse pré-refrão é muito bom sim.

1TEAM – Make this

1TEAM disse: eu tô aqui pra fazer vocês prestarem atenção. E conseguiu. Para além dos visuais dos meninos e de todo o MV que foi feito pra ter essa vibe meio tecnológica futurista cheio de robôs, motos e luzes. Make This tem uma beat drop INCRÍVEL no refrão e entra pro grupinho de drops bons demais dessa lista do mês. A coreografia também merece ser mencionada porque é muito boa e tem espaços ótimos no MV para ser mostrada. Se você já viu 1TEAM lá no debut com Vibe, se não viu devia, provavelmente vai estranhar a mudança drástica de conceito dos meninos, mas a gente tá aqui pra ver essas mudanças e tudo que o grupo tem pra oferecer.

Menções honrosas:

Zico – Being Left (ft. Dvwn)

WayV – Love Talk (English Version)

ATEEZ – Utopia (Japanese Version)

Limitless – Wish Wish

(g)i-dle – Lion

Sungmin – Orgel

The Boyz – Tattoo (Japanese)

Eric Nam – Congratulations

Kim YoungChul – Signal Light

Iz – Memento

Minah – Butterfly

Seven O’Clock – Midnight Sun

Nature – Oopsie My Bad

Elris – Miss U

Jun HyoSeong – Starlight

Zion.T – May

AWEEK – Breathe

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply