Literatura

Frost, Marianna Baer

Por Byzinha

I think we’ll just make new problems as we fix the ones we have.

Da série “Livros que você nem ia ler, mas leu e WOA!”, estou de volta.

Frost, o livro de estréia de Marianna Baer é o thriller que me curou como leitora, senhoras e senhores. Ele conta a história de Leena Thomas, uma garota que está no último ano do colegial e estuda num colégio interno. Quando estava no final do penúltimo ano, ela descobriu uma casa vitoriana que fazia parte do campus como dormitório masculino e se apaixonou imediatamente. Então, Leena falou com a diretora para que a casa virasse dormitório feminino para que ela e suas três melhores amigas morassem lá, pelo menos no último ano.

Com o desejo concedido, as garotas se mudam, mas encontram uma surpresa: enquanto uma delas não volta do intercâmbio que está fazendo a Europa, Leena terá outra parceira de quarto: a exótica Celeste Lazar. Desde o momento em que se mudou para a Frost House, Celeste sente como se não fosse bem vinda. De início, ela acha que as outras meninas não a querem lá, com excessão de Leena, mas aos poucos ela percebe que algo está errado com a casa. A cama não é confortável, o quarto tem janelas de mais, parece que ela está sendo constantemente observada, o closet fede como se algo morto estivesse escondido dentro dele e toda noite é como se alguém tentasse machucá-la. Ela tem plena certeza de que a casa está sendo assombrada.

Tudo isso é muito estranho para Leena, já que a casa sempre pareceu aconchegante para ela e inclusive o closet, que tinha cheiro de infância, do forte que ela havia construído no sotão da casa em que morava antes dos pais se divorciarem. Mas conforme o tempo passa, Leena se torna cada vez mais dependente da casa, que, de alguma forma a fazia questionar seu relacionamento com as amigas, o namorado e até piorar seu vício em pílulas. Será que todas aquelas conversas que tinha quando sozinha era sua consciência? Ou será que a casa estava tentando prendê-la lá dentro?

Frost foi o primeiro livro desse ano desde Fault que realmente, REALMENTE me fez ficar louca pra terminar o que eu tinha pra fazer no computador e voltar correndo pra leitura. Ele me curou do efeito “Maldição do Tigre: pelo amor de Deus como um dia eu pensei que ler fosse legal?”.

Leena é uma protagonista que de deixa irritada de um jeito agoniante e não revoltado. A cada página eu ficava “PLMDDS LEENA, A CASA VAI TE MATAR, PFV ACORDA” e meu Deus, socorro! Eu não conseguia parar de ler! David, irmão de Celeste e namorado de Leena é um ótimo personagem masculino, e Celeste… gente, eu amei a Celeste, meu coração doía com as coisas que aconteciam com ela, tadinha.

Across the room, I noticed that the closet hadn’t stayed shut. The latch must not have caught, even though I’d leaned against the door. It had eased open to show a strip of inviting darkness.
As if it was telling me I could always change my mind.

O livro tem pontos baixos? Não sei se deveria chamar assim, mas tem. Se você ler esperando algo REALMENTE trágico acontecer com Celeste, já pode ir esquecendo. Pelo jeito que Leena conta no início do livro, eu achei que seria bem pior. Respostas? Também não temos muitas. Mas sobre as respostas, sabe que eu gostei? De não tê-las, quero dizer. Porque ficou basicamente em aberto, para o leitor refletir qual o problema com a casa.

Gente, eu gostei de mais. Eu poderia ficar repetindo e repetindo aqui o quanto o livro, exatamente como a Frost House fazia com Leena, me puxava para ele, para lê-lo até que ele acabasse. PRINCIPALMENTE as últimas trinta páginas, que eu falava “MEU DEUS, NÃO TEM SOLUÇÃO E O LIVRO TA ACABANDO, KD A SOLUÇÃO, SDDS SOLUÇÃO!!111!” Por isso eu indico a leitura. O nível de inglês é mamão com açúcar e a história não te faz ter vontade de pular da ponte a cada parágrafo, como Maldição do Tigre fez comigo (vou falar mal do livro em todas as oportunidades que eu tiver, se prepare).

Título: Frost
Autor: Marianna Baer
Número de Páginas: 320
Edição: 1ª – 2011
Editora: Harpers USA
Preço: R$47,90 (encadernado)
Classificação: ★★★★☆

You Might Also Like

5 Comments

  • Reply
    Sam
    10/05/2012 at 6:24 pm

    Quero que um dia alguém me ame tanto quanto você odeia A Maldição do Tigre, porque na boua. MANO, FROST PARECE SER AWESOME! Mesmo que eu seja medrosa até o fim da vida e provavelmente vou ficar com medo até de entrar no quarto se ler esse livro, curti o negócio. E já que tu tá falando que o nível de inglês é fácil, vou enfrentar, já que preciso pegar o costume NÉAM.

    • Reply
      Byzinha
      10/05/2012 at 6:47 pm

      AIUHIAHIUAIAUHAHU MORT, odeio Maldição do Tigre memo.
      Você só vai ficar com medo se no seu quarto tiver closet. Eu acho. hm/ É mais thriller memo, não é tanto terror. É muito delicia de ler. <3

  • Reply
    Gabi
    11/05/2012 at 12:22 pm

    Hahah, vou levar tapa se disser que amo A Maldição do Tigre? *corre*

    É tão bom quando você está desanimada e pega um livro que te traz a tona de novo. Adoro Thrillers, e esse parece mesmo muito bom. Fiquei super curiosa, mas minha fila de importação anda tãao gigante! Vai demorar um bocado para comprar, mas acho que vou ler sim ;P

    Beijitos

  • Reply
    Davi Ferreira
    11/05/2012 at 5:43 pm

    Que resenha perfeita é essa ?? Esse livro parece ser ótimo mesmo. Agora que eu li sua resenha, preciso muito dele 😀 Nem preciso falar que já está na lista dos desejados. Gosto também dessa capa. Espero que seja logo lançado no Brasil.

  • Reply
    Cássia Oliveira
    12/05/2012 at 2:21 pm

    Adorei a resenha, me deixou muuuuuito curiosa pra ler o livro! Gosto muito de suspense! Quero ler certo!

  • Leave a Reply