Música

Zola Jesus

zolajesus4

Talvez você conheça Zola Jesus e simplesmente não saiba. Já até perdi as contas de quantas séries usaram suas músicas como trilha sonora, mas eu posso citar ao menos Skins por aqui. De mais outros eu não lembro. Pra ser sincera, conheci essa menina de descendência russa a partir do trailer de Romeo & Juliet e, nos primeiros minutos, fiquei confusa: seria ela Florence Welch? Dá pra confundir muito, hein, já que ambas têm vozes graves e melodiosas e suas músicas têm um tom mágico semelhante. Bem, deixarei que vocês ouçam uma música da Zola, a mais famosa, por sinal:

Muito bom, não? Agora imagine esse tom gótico misturado ao folk e misturado a mil coisas em todas as músicas, mas cada uma sendo tão diferente da outra? Pois então! É por isso que a Zola é tão… atraente, tão linda. Sua música emociona, te leva a dançar em movimentos tão melancólicos e tão cheios de sentimento. Eu, honestamente, não sei explicar, só que é algo tão sutil, tão delicado, mas também tão forte e que te chacoalha. Não sei, talvez seja algo muito Barroco? Estou falando da minha subjetividade aqui, galera, então vamos fingir que vocês não são os meus psicólogos e simbora.

Give me one more try before I fall apart, fall into the sky. I feel every inch, I feel it fold over myself, over you.

Ainda nessa mistura de folk e gótico, eu vejo muito da Karin Dreijer Andersson na Zola. Eu já falei da Karin aqui nos posts sobre bandas suecas. Ela é um dos principais nomes do electropop, mas, adivinhem, sua música vai muito mais fundo, assim como é o caso dessa russa que eu acabo de lhes apresentar. Ok, ok, muita faladeira. Deixarei vocês com Seatalk, outra das minhas favoritas, e lá vou eu sussurrar as músicas ao vento.

You Might Also Like

2 Comments

  • Reply
    Marcelle
    June 26, 2013 at 9:26 pm

    eu conheci a a Zola Jesus na MTV, vi um clipe dela lá que gostei da música, mas não lembro qual era.

  • Reply
    Who's thanny? » Arquivo Kyla la Grange - Who's thanny?
    February 25, 2015 at 7:01 pm

    […] Para ser sincera, eu gosto muito mais do Ashes, o primeiro álbum. As razões, bem, eu já esclareci. Não sou muito do pop, hah, e o Ashes é um tanto mais sombrio e um pouco mais… livre, apesar de o Cut Your Teeth ter letras bastante dramáticas em um background um tanto mais upbeat. É quase como uma contradição feita do modo mais perfeito possível, assim como o álbum Taiga, da Zola Jesus. […]

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge