Cinema

Sniper Americano (2014)

Todo ano, o WT faz uma maratona de resenhas de filmes indicados ao Oscar e em 2015 não poderia ser diferente, não é mesmo?

sniper americano
Acontece que tem um probleminha… Entre os indicados a melhor filme está um tal de Sniper Americano que, bem, dissemina ódio e esse parece ser seu único propósito. E, sabe, nossa equipe se sentiu com zero obrigação de assistir um filme desse tipo, portanto resolvemos mostrar alguns motivos pelos quais Sniper Americano não merece, hm, digamos, existir.

Começamos com a opinião de uma pessoa que foi assistir no cinema e tudo que ela sentiu. Você pode reblogar o post no tumblr por aqui, se sentir no coração.

Talvez por curiosidade, mas fui assistir Sniper Americano. Eu nunca quis sair do cinema tão rápido antes.

Não apenas tive que ver a casa de alguém sendo invadida enquanto ela era tratada como intrusa e lidar com isso… mas ouvir o público APLAUDIR doeu.

Em cinco minutos o público é ensinado que uma mulher com seu lenço E descendentes são nossos “inimigos”. E eles devem ser mortos.

Um momento de esperança do filme é eles mostrando um pai convidando os soldados que invadiram seu lar e manteve sua família refém para jantar, para o Eid.

Obviamente, ele era “traiçoeiro” e nosso “Herói” americano encontra diversas armas e explosivos no quarto dele e o captura.

Esse filme é propaganda feita direitinho para formar lavagem cerebral hollywoodiana. Posso quase garantir que Bradley Cooper vai levar o Oscar para casa.

Somos condicionados a “temer os muçulmanos” e lembrados que a “guerra é boa!”. Somos ensinados que matar é “necessário”.

Como se isso não fosse motivo suficiente, existem mais materiais para provar o quanto esse filme é, sabe, uma droga. Se você estiver com paciência (e estômago para o quanto a humanidade é nojenta), a revista TIME fez uma matéria sobre a história por trás do filme. A gente deixa para vocês decidirem a definição de “herói”.

Aliás, olha só mais um caso de repercursão do “heroísmo” de Kyle:

Tenho medo de mais de até mesmo entrar numa sala de cinema enquanto Sniper Americano está passando. Muitas das minhas amigas hijabi assistiram ao filme, mas uma delas foi atacada ontem à noite enquanto saia do cinema na metade do filme. Ela estava com medo de ser atacada fisica e emocionalmente depois do filme e isso é exatamente o que aconteceu… e a segurança não fez nada. Eu já tive ódio direto apenas uma vez na minha vida, mas ainda é assustador pensar sobre o que vai acontecer ao futuro dos muçulmanos.

O quão horrível é isso? Um filme que incita o pior no homem e você indo assistir por diversão? Quer dizer, vocês sabem que nós somos super YAY para a diversão despreocupada, mas para tudo é preciso traçar uma linha. American Sniper representa as coisas mais bostas do mundo (tipo o Estados Unidos ser, em si, um Estado terrorista).

Nós também não poderíamos deixar de citar o tal do bebê falso, porque essa foi a maior piada pronta quase, quer dizer.

Por fim, gostaríamos de dizer que sim, os outros indicados ao Oscar terão uma resenha de verdade. Apenas sentimos que era nosso dever com vocês, explicar o porquê de TODA a equipe se recusar a assistir Sniper Americano, porque para resumir toda a história, nós não somos obrigadas.

Postagens Relacionadas:

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply

CommentLuv badge