Evento

Ribeirão Preto Anime Fest

Por Hypia

Oi, mais uma vez!

Contei na minha estreia aqui que moro numa cidade que não fica Tão, Tão Distante assim de Ribeirão Preto, e estive lá domingo, dia 22 de março, pra décima edição de um evento de anime e cultura pop chamado Ribeirão Preto Anime Fest.

logo

Descrição oficial:

O Ribeirão Preto Anime Fest (RPAF) é um festival de animação, quadrinhos, games e cultura pop jovem realizado na cidade de Ribeirão Preto desde o ano de 2011. Organizado dentro da Universidade UNAERP, o evento traz para os visitantes diversas atrações, realizadas simultaneamente, shows e apresentações, oficinas de desenho, concursos de vídeo-games, atividades lúdicas, além do Circuito Anime Fest de Cosplay, circuito de fantasias temáticas realizados em diversas cidades do interior paulista.

A boa notícia pra galera que curte cultura pop aqui da região é que esse evento tem acontecido com uma certa frequência. A primeira edição teve o nome de “Ribeirão Anime Fest”, também conhecido como “RAF”. Por questões, até onde sei, de mudança na organização, o evento posteriormente passou a se chamar “Ribeirão Preto Anime Fest”, encurtado pra “RPAF”.

Parte das pessoas que acompanham o WT já deve ter estado em algum evento desse gênero, mas é o seguinte: tem muita atividade diferente pra fazer – cada vez mais esse tipo de convenção tem opções variadas de atrações pra todo o tipo de público que frequenta. No geral a estrutura inclui temas como games, RPG, séries de televisão, filmes, literatura, e por aí vai – e, claro, presença forte da cultura oriental, que é o que motivou esses encontros.

O evento aconteceu na Universidade de Ribeirão Preto, UNAERP. Pra quem não conhece, tá aí um mapa do local que distribuiram durante o evento pra galera:

DSC01986

Fui com uma caravana que organizaram na minha cidade – a novidade boa é que, diferente da última vez que fui, o grupo não era uns 90% masculino, e agora tinha mais mulheres que homens na turma.

Anima Fest

Sou a pessoa de vestido roxo (: 

Logo depois da entrada principal, fãs de videogame já não precisavam andar muito pra achar o que fazer: no primeiro corredor estava cheio de opções pra quem queria jogar, inclusive com campeonatos – quem queria participar só precisava ter feito inscrição antes. E também tinha por perto estandes de venda de produtos os mais variados possíveis – acessórios com temas de cultura pop, doces, objetos de decoração e muito mais coisa que se eu for descrever vou esquecer de metade.

Achei que as salas temáticas neste evento deixaram um pouquinho a desejar. Tava bem variado, mas não tinha taaaaaaaanto conteúdo assim; o mais bacana era encontrar gente com gostos parecidos com o seu.

Em eventos maiores, alguns fandoms organizam espaços super bacanas; é um negócio que eu gostaria que acontecesse aqui também. Poxa, o lugar tem espaço pra isso, o que falta é disponibilidade da galera pra fazer – realmente dá trabalho.

Na parte oposta à entrada estava a área da Avalon Store, que era pra onde você teria que ir se quisesse comprar mangás, livros e revistas. Não comprei nada, mas tinha muita coleção completa interessante. Do lado de fora do prédio ficava a praça de alimentação, e tinha comida oriental, claro – bastante Mupy, sushi e yakissoba. E quem queria opções mais “ocidentais” também não ficaria sem se alimentar – tinha almoço mesmo e salgados e outras bobagens. Depois, se você andasse mais um pouquinho, chegaria à area com os palcos e os estandes de venda de produtos. “Cale a boca e pegue meu dinheiro” resume a reação ao ver os montes de camisetas, pingentes, acessórios, action figures e tudo o mais que você pensar à venda. Compra do dia: caneca do V for Vendetta com uma das minhas citações preferidas:

“Por trás desta máscara há mais do que carne e sangue; por trás desta máscara há uma ideia, e as ideias são à prova de balas.”

Foto não é da minha; a única diferença é que a frase tá em português.

A programação:

Eu não me importei muito com o palco que chamaram de Palestra – não é que eu não gosto do trabalho dessa galera, simplesmente não conheço o suficiente, mas adoraria passar por lá pra conferir. Estive a maior parte do tempo na área onde ficou o palco principal, onde ia acontecer a atração mais incrível do dia: palestra do dublador e ator Guilherme Briggs. Essa palestra ia ser depois das apresentações de K-Pop, Animekê e cosplay em grupo – e só acompanhei direito o final do Animekê e os cosplays em grupo; eu estava visitando o restante do evento antes.

Agora sim, Guilherme Briggs. Vou deixar que ele fale por si próprio:

https://www.youtube.com/watch?v=6frZe8SCTH8

 

 

Tem mais nesses links aqui, além de certamente outros:

Briggs com uma camiseta do Gollum e se declarando fã de cultura pop logo de cara foi muito simpático, e cada vez que ele começava a falar deixava todo mundo contente. Foi muito agradável com a galera, mas infelizmente ele tinha atrasado pra chegar e por motivos de horário de voo pra ir embora ele não podia ficar muito ali. Criatividade é uma qualidade que eu acho das mais incríveis, então dizer que eu parecia uma criancinha toda boba durante a apresentação é um eufemismo. E não duvido que dê pra achar outros vídeos do evento.

Notícia PELO-AMOR-DOS-DEUSES-ALGUÉM-CHAMA-O-SAMU do dia:

Guilherme Briggs sinalizou que existe a possibilidade dele dublar o próximo Homem Aranha.

Ele tava comentando sobre não ter feito a voz de ninguém nos filmes da Marvel – ainda – e nem estar escalado, mas que pode ser que faça teste pra emprestar a voz a algum herói. Enquanto dizia isso, ele gesticulou imitando uma pose que lembrou muito a que nosso aracnídeo faz quando dispara uma teia. Resta aguardar pra saber se isso se confirma.

Várias pessoas ali levaram presentes, e o que mais empolgou foi uma máscara do Sr Destino que um fã chamado Renan tinha feito – E SERVIU NELE!

A mensagem de incentivo a ser exatamente do jeito que queremos ser, não deixar de fazer algo que quer por conta das opiniões alheias foi absurdamente positiva – aposto que a maioria aqui sabe como o mundo é cruel com quem não quer se enquadrar em um monte de normas estúpidas, e o próprio Briggs não parece se importar muito com o que muita gente espera de um cara de quarenta e tantos anos. E faz de conta que ele aparenta a idade que tem.

RPAF

Por favor, se concentrem no Briggs e nas pessoas mais bonitas que eu que tem na foto. 

E acaba mais uma edição do RPAF.

Teve divulgação de um evento da unidade de Ribeirão Preto do SESC chamado @GEEK que me interessou bastante, e vai acontecer nas datas de 10, 11 e 12 de abril, uma sexta, um sábado e um domingo, e eu possivelmente irei visitar ao menos o último dia.

 Se eu realmente for, volto aqui (com permissão das pessoas mais lindas dessa internet) e conto pra vocês como foi.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply

CommentLuv badge