Cinema

Meu Namorado é um Zumbi (2013)

Tipo Crepúsculo. Só que melhor. E mais simpático. E com pseudo-zumbis. E melhores atores. Ah, vocês entenderam.

wb

A adaptação do livro de Isaac Marion se passa num mundo dominado por zumbis que comem carne humana, amam devorar cérebros, e aproveitam a morte da forma que podem. O protagonista, R, “vivia” normalmente até encontrar Julie e não conseguir matá-la. Algo parece estar acontecendo com ele, chocando seus amigos zumbis e a jovem garota. E entre as memórias do namorado de Julie e lutas contra outros mortos-vivos, R parece ser o começo de uma grande mudança na civilização restante.

Óbvio que as comparações entre Warm Bodies (me recuso a usar o título brasileiro) e Crepúsculo são inevitáveis e, bem, fazem sentido. Com o fim da saga de pseudo-vampiros, Hollywood está sedenta por uma nova franquia adolescente. Esperaram até agora para dar sinal verde aos filmes de Vampire Academy e várias outras adaptações literárias foram levadas para a telona recentemente, tentando sanar essa necessidade. Isaac Marion já afirmou que Sangue Quente terá sequência, OU SEJA. Apesar da proposta interessante, acho difícil cair no gosto do público alvo. Mas continua sendo um bom entretenimento.

R boladíssimo com a vida

A trama de amor impossível e o romance meio sobrenatural estão ali, mas nada que vá te fazer vomitar de tão grudento. É fofinho, bonitinho, porém não é o único ponto do filme. Também tem uma mensagem bacaninha e consegue ser bem engraçado. A duração é boa, sem prolongar inutilidades, todavia o medo de colocar um pouco de violência no longa acaba quebrando um pouco a atmosfera apocalíptica que já não era muito boa. Daí fica só um filme legalzinho e divertido, com uma trilha sonora incrivelmente incrível e um título horrendo em português.

Tem gente que ama/é reclamar de adaptações mesmo quando elas são bem feitas. Esse é o caso de Warm Bodies. O esqueleto do livro está todo ali, fiel à história que lhe deu origem. Algumas cenas e acontecimentos foram colocados de diversas formas bacanas apesar de diferentes. Muitas das ideias e críticas vindas dos personagens não puderam ser traduzidas para a tela, porém se compreende a razão. A verdadeira pena, em minha mera opinião, foi a superficialidade com que Perry foi tratado, sendo que seus desejos mais íntimos não foram explicitados. Se entende o porquê, mas fiquei chateada por ele ser o melhor personagem de história. ENFIM.

What am I doing with my life? I’m so pale. I should get out more. I should eat better. My posture is terrible. I should stand up straighter. People would respect me more if I stood up straighter. What’s wrong with me? I just want to connect. Why can’t I connect with people?

O elenco foi bem escolhido. Nicholas Hoult sempre foi muito competente, e aqui não faz feio, mesmo sem a necessidade de ser ~bom. Teresa Palmer é adorável, mas sua semelhança com Kristen Stewart chega a ser bizarra de vez em quando (sério). Dave Franco, intérprete de Perry, não faz muita diferença na narrativa, PORÉM como não amar o sorriso maravilhoso dos irmãos Franco? A voz da experiência aqui é John Malkovich, que, bem, dispensa comentários. A dúvida que fica é: “como conseguiram colocar John Malkovich nesse filme????????/”. MISTÉRIOS DA HUMANIDADE.

Quer um filme para passar o tempo? Ta aí. Sua vida não vai mudar, mas vai fazer maravilhas para seus ouvidos. Falei sério sobre a trilha sonora, é incrível mesmo. Warm Bodies é simpático, engraçado e gostoso de assistir, caso você só queira entretenimento. E se você ficou curioso sobre o livro, tem resenha aqui!

ficha técnica

 

Direção: Jonathan Levine
Elenco: Nicholas Hoult, Teresa Palmer, Analeigh Tipton, Rob Corddry, Dave Franco, John Malkovich
Roteiro: Jonathan Levine
Duração: 98 min.
País: Estados Unidos da América
Gênero: Comédia, Horror, Romance
Trailer: (x)
Classificação: ★★★☆☆

You Might Also Like

6 Comments

  • Reply
    David Andrade
    14/06/2013 at 7:25 pm

    Eu assisti o filme tambem. E achei meio engraçado. Na verdade, foram as ironias do R que me fizeram ter algum gosto pelo filme, pq sinceramente, esses zumbis dai são bem estranhos viu. E num sei, aquele lance de voltar a ser humano ficou meio tosco. Mas é legalzinho sim. O melhor mesmo é as piadas e claro, a trilha sonora. Concordo em gênero, caso e número com você. \o/ /omg
    David Andrade recently posted..Coluna: Anime da Semana!My Profile

  • Reply
    Larissa Mirandah
    14/06/2013 at 7:58 pm

    Eu queria tanto ter ido ao cinema assistir ao filme, ele parecia tão diferente das estreias mais recentes, e o Nicholas Hoult é outra história… Essa introdução do post que ficou divertida: “Tipo Crepúsculo. Só que melhor. E mais simpático. E com pseudo-zumbis. E melhores atores. Ah, vocês entenderam.” O trailer é meio esquisito, mas algo me fez querer assistir ao filme, entretanto, eu morro de curiosidade pra ler Sangue Quente, eu entendi todos os pontos negativos que você citou na resenha do livro, ah, mas eu sou louca por ele rs’
    Beijos

  • Reply
    Gabi
    17/06/2013 at 2:41 pm

    Concordei com tudo! Meu Deus, especialmente a parte da semelhança bizarra com a Kristen! Eu fiquei o tempo inteiro achando que era a única que pensava assim, mas não, ainda bem! Acho que a Teresa é a versão ~levemente~ melhorada da Kristen, mas é muito bizarro mesmo 0-o
    Gabi recently posted..Mailbox #28My Profile

  • Reply
    Tarcila Lima
    20/06/2013 at 1:18 pm

    Bem o livo é bom. Engraçado, mas esperava mais.
    Achei pouco trabalhado e os zumbis mal interpretados. Pois eu que li o livro senti diferenças gigantescas nas descrições e sim a semelhança da atriz com a Kristen é um ponto negativo tambem pra mim. Parece ate que foi proposital, mas enfim.
    É um filme legal pra sessão da tarde.

  • Reply
    Felipe Lopes dos Reis
    27/06/2013 at 2:46 pm

    O filme é bem engraçado, e a história bem interessante. Mesmo eu ainda não tendo entendido como a Julie fica com alguém que comeu o namorado dela, mesmo gostando muito do R.
    O livro Sangue quente, foi algo que eu devorei na mesma noite que o comprei, de tão bom. A narrativa é um pouco diferente da normalmente usada em terceira pessoa, e a falta de emoção misturada com uma avalanche de emoções não entendidas pelo R é bem legal, e o jeito como o Isaac Marion escreve é bem simples, mas não idiota, tem facil compreensão e também um bom dominio. Porém, a Leya não fez um bom trabalho de revisão no livro, achei varios pontos onde havia ” ., ” e outros erros, como nomes de personagens com ortografias diferentes, e erros simples de digitação. O que me irritou um pouco, pelo o livro ser tão bom, tão simples, ele merecia uma revisão melhor. Pois qdo eu terminei de lê-lo, fiquei deitado na cama, COMO ASSIM ACABOU? NÃO, QUERO MAIS. Cade o nome do R CRL!
    Mas eu gostei mt e recomendo. As únicas diferenças gritantes entre o filme e o livro são: R, é mais velho, provavelmente entre vinte e vinte três anos, e tem uma gravata vermelha e usa uma blusa social desabotoada preta. No filme foi substituído por um casaco vermelho, pois queria mostrar um par de adolescente (o que não foi algo ruim, só mudou mesmo o visual) e os Ossudos, que no livro São primeiramente uma espécie de Casamenteiros-Religiosos e só depois enlouquecem e viram os vilões, então para quem não viu o filme antes de ler, vc nunca acha q eles seriam tão chatos. No filme eles já são mostrados desde sempre como os caras maus.
    E uma observação que eu achei engraçada é que no filme, as duas crianças que aparecem não são de ninguém, já no livro são filhos-zumbis adotivos do R, mas a curiosidade mesmo é, que no livro o rapaz e caucasiano e a garota tem pele negra, e no filme o contrário. O que me fez rir.
    Mais adorei os dois, em parcelas quase iguais.E não achei uma má interpretação, pois foi realmente fiel a ideia básica, e só mudou alguns detalhes para se encaixar melhor, nada de muito diferente.

  • Reply
    Cibele
    09/03/2014 at 9:26 am

    Achei a história no início meio bizarra, totalmente diferente de tudo que havia visto. Mas me cativou logo de cara. Como não identificar elementos iguais de Crepúsculo? O amor entre os personagens e depois, quando percebi, a semelhança entre Ter /smile esa e Kristen é notável! Filme é imperdível!

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge