Música

Bandas suecas, parte 1

Música sueca é música boa, apontam pesquisas, e, infelizmente, nem tantas pessoas acabam por conhecer tamanhas preciosidades musicais. Então, por hoje, acompanharei a Thay na coluna musical e apresentarei a vocês o que a Suécia tem de melhor, além, claro, dos romances policiais pra lá de violentos.

Preparados para seus mais novos vícios? Então vamos lá!

First Aid Kit

FirstAidKitbyNeilKrug11



Começarei pela minha banda favorita, a dupla formada pelas irmãs Johanna e Klara Söderberg, mais conhecida como First Aid Kit. Com inspirações como Fleet Foxes, as duas tiveram seus nomes espalhados pela internet depois de um cover feito da música Tiger Mountain Peasant Song da já mencionada banda, com a qual então fizeram um show na Holanda um tempo depois. Com vocais fortes e uma melodia que remete tanto a sons naturais e crus, as irmãs suecas encantam com tamanha musicalidade e maravilhosas letras. Seja para ouvir em uma tarde chuvosa ou uma manhã ensolarada, First Aid Kit é a banda que o colocará a dançar, rir, chorar, cantar e rodopiar.

José González

jose

Não, você não leu errado. José González é, na verdade, um argentino que acabou por crescer na Suécia. Seus pais imigraram para o país escandinavo logo no ano de seu nascimento, mas José não se esqueceu de suas origens: desde cedo passou a ouvir folk latino, como as músicas do cubano Silvio Rodriguez, e hoje faz sua própria arte apenas com o violão e a voz de uma ferocidade e rouquidão profunda, violenta e áspera. A primeira música que ouvi foi Heartbeats, um cover da banda The Knife, que também citarei aqui, e desde então me apaixonei.

Fever Ray

Style: "fever ray 2"

Certamente, você não será enganado pela aparência fantasmagórica da sueca Karin Dreijer Andersson, até porque as músicas seguem a mesma linha. O projeto solo da vocalista do The Knife (sim, a banda parece ser um ícone no cenário musical da Suécia) teve sua estreia em 2009 com o álbum também chamado Fever Ray. Com uma pegada mais eletrônica, Karin ainda conseguiu introduzir batidas tão características das culturas indígenas norte-americanas, alegando ter se inspirado no trabalho de Mike Patton, mais conhecido por ser o vocalista do Faith No More. Teve duas de suas músicas, The Wolf e Keep the Streets Empty for Me, na trilha sonora do filme Red Riding Hood, de Catherine Hardwicke. Para mim, é a artista que mais se destaca, tanto pelo seu visual excêntrico quanto pela sua ousadia musical, seu tom sombrio combinado a uma voz aguda e constantemente modificada tecnologicamente.

O First Aid Kit também fez um cover da música acima. Escute aqui.

The Knife

knife

Mais uma dupla de irmãos: a já citada Karin Dreijer Andersson e o DJ Olof Dreijer marcaram iconicamente o cenário sueco. Seguindo um ritmo bem mais eletrônico e usando equipamentos computadorizados para certos efeitos, o som da famosa The Knife inspira outros artistas e ainda chama atenção com seu visual sombrio e exagerado. Sim, deve ser uma característica nos genes dos Dreijer, mas quem é mesmo que está reclamando?

Aliás, eles vão estar com um novo álbum em abril!
Pois aqui eu me despeço. Ainda farei um complemento, esperem ai sentados. Mas, então, gostaram das dicas?

Postagens Relacionadas:

You Might Also Like

10 Comments

  • Reply
    Aline T.K.M.
    07/02/2013 at 4:55 pm

    Ei, adoro First Aid Kit e não conhecia ninguém que também conhecia e gostava dessa banda. Adorei o post!!! =)

    Um bjão,
    Livro Lab
    Aline T.K.M. recently posted..PROMOÇÃO "3 anos" #1: P.S. Eu te amoMy Profile

    • Reply
      Geo
      07/02/2013 at 6:09 pm

      Muito obrigada! É até difícil achar alguém que conheça essas bandas, mas, acredite, tem muita gente por ai! :3 /blink

  • Reply
    Emelly
    08/02/2013 at 1:15 am

    Adoro First Aid Kit e José Gonzáles, nao fazia ideia que eles eram suecos (e tbm n conhecia mais ngm q gostasse deles! kkk). Os outros dois nao tinha ouvido falar, mas vou dar uma olhadinha. Adorei as dicas :D

    • Reply
      Geo
      08/02/2013 at 11:34 am

      Eles são ótimos, não? HUAJHASJ Cantores suecos parecem ter uma awesomeness em comum, vdd. Dê mesmo! Principalmente no Fever Ray, é um ótimo projeto!

  • Reply
    Tarsila Martins
    08/02/2013 at 1:46 am

    Não conhecia nenhuma dessas bandas suecas. Mas gostei! Dei valor :p
    Muito legal o post, beijos.
    Tarsila Martins recently posted..De A à Z #01My Profile

    • Reply
      Geo
      08/02/2013 at 11:32 am

      Por aqui elas são bem desconhecidinhas mesmo! Espere pela parte 2 (e a 3, quem sabe) :D Obrigada!

  • Reply
    Larissa Nério
    12/02/2013 at 3:28 pm

    Ótima resenha, faltou só falar de iamamiwhoami e Jonna Lee (a criadora do iamamiwhoami, mas com músicas mais leves e tranquilas).

    • Reply
      Geo
      13/02/2013 at 3:20 pm

      Indeed! Na verdade, faltou tantas: Robyn, Kent, Lykke Li, Elliphant, Peter Bjorn and John, Anna Ternheim e tal, mas então o post ficaria muito grande. Pode ter certeza que teremos uma parte 2 (ou até 3) com todas essas bandas e cantores ;)

  • Reply
    Vanessa
    12/02/2013 at 5:33 pm

    Aaammmooo First Aid Kit! <3 Uma das minhas músicas favoritas delas é o cover de When I Grow Up.
    As outras bandas eu não conhecia!

    • Reply
      Geo
      13/02/2013 at 3:23 pm

      Elas são tão lindas, né? Poxa, mano! JAHJSJA Fico morrendo enquanto escuto. Confira outras músicas do Fever Ray, The Knife e José González (principalmente ele. Se você gosta de First Aid Kit) :D

    Leave a Reply

    CommentLuv badge